domingo, 31 de dezembro de 2017

O REFORMADOR DO CLERO NA ÓTICA DO LEIGO.

                     

Veiculo da Missão: Muito já-se falou e escreveu sobre a biografia de São Vicente de Paulo, nestes 400 anos, fazendo conhecido no serviço aos necessitados, como o Pai da Caridade, Pai dos Pobres, fundador da Congregação da Missão, Companhia das Irmãs da Caridade, AIC, sendo o modelo da Caridade para diversos ramos da família vicentina, e outras congregações religiosas que nasceram nos últimos quatro séculos.


Nossa reflexão de leigo, dentro das comemorações do aniversário dos 400 anos de São Vicente de Paulo, não tem a pretensão de republicar os dados históricos de sua biografia e sim voltar no tempo, e caminhar junto com Pe. Vicente de Paulo, nas periferias existenciais da época e levar o amigo(a) leitor que visita este veiculo de comunicação, a contextualizar com o mundo eclesial atual, onde todos estamos inseridos.

Para entrarmos no barco e navegar até o tempo do Pe.Vicente de Paulo, compartilho com você uma reflexão do arcebispo da arquidiocese de Curitiba, feito no inicio deste ano de 2017, com os agentes e coordenações de Pastorais e Movimentos da arquidiocese, no Santuário Diocesano do Sagrado Coração de Jesus, no Bairro Água Verde, onde Dom José Antonio Peruzzo, levou todos a seguinte reflexão:

Antes do Concilio Vaticano II, o Povo de Deus, vivia dentro de uma estrutura eclesial, uma espécie de "Piramide" onde em cima da Piramide, ficava o Clero, e embaixo da "Piramide", ficava os escravos.

Dom Peruzzo: dentro de uma espécie de estrutura eclesial de "Piramide". o Clero funcionava como que tivesse um monopólio, e através deste monopólio, passava a ser como que os concessionários da verdade, se consideravam os donos da verdade, e o Povo de Deus, tinha o papel de apenas obedecer os concessionários da verdade e era isso; 

E graças a Deus, isso mudou, após o Concilio Vaticano II.

Veiculo da Missão: Voltando ao barco e navegando até a França no século XVII, é dentro deste contexto, que encontramos a igreja, onde está inserido o Povo de Deus, nos dias de Vicente de Paulo.


Os concessionários da verdade "Clero" não tinha formação e dentro do corporativismo nascia Bispos, e estes sem muita formação, ordenava os Padres, que muitas vezes, nem estudava o básico e viviam nos palácios em  uma obesidade espiritual.

O jovem Vicente de Paulo, de família pobre e muito humilde, a exemplo de outros, quer se dar bem na vida e decide ir para o seminário ser Padre, para ganhar dinheiro e ficar rico.

A pressa erá tanto em ganha dinheiro, que Vicente de Paulo, engabelou o Bispo e foi ordenado muito jovem com apenas 19 anos.

Ordenado Padre, Vicente de Paulo, vai ao encontro das famílias mais ricas, se encosta no sistema politico de governo, e conquista a todos(as) se tornando um Padre Rico, e vivendo junto a nobreza na alta sociedade de seu tempo.

Depois de caminhar pelo deserto, e estando vivendo junto a alta sociedade, um certo dia Pe.Vicente de Paulo, olha para Cruz de Cristo, e começa uma reflexão, onde percebe que não está sendo coerente com sua missão de Padre, pois Jesus Cristo, foi aquele que acolheu os pobres, enfermos, injustiçados, marginalizados e após uma profunda reflexão decide ir ao encontro do Povo que sofre, ficando junto daqueles que não tinha mais esperança em Deus, e nem voz na sociedade.

O processo de conversão, o transformou em um novo Padre; O homem do encontro, aquele que vai as periferias existenciais ao encontro do Povo sofrido, e se depara diante da triste realidade do Povo, que vive como ovelhas sem Pastor.

O Homem do Encontro, sofrendo, rezando e acolhendo o Povo, nas periferias existenciais, ganha toda a confiança do Povo; "Pois o Povo começa a sentir que Deus gosta dos Pobres" e Pe.Vicente de Paulo se torna o grande líder daquele tempo, um mistico visionário, que conhecendo a realidade do Clero, soube com inteligencia e sabedoria, iniciar a reforma do Clero, partindo das periferias e atendendo as necessidades espirituais e sociais do Povo de Deus, criando a Confraria do Rosário, para que os enfermos, diante do sofrimento, tivesse um meio para aliviar a dor, do corpo e da alma, e através da devoção ao Rosário,  pudesse conversar com Deus.

Visionário é um Homem de Visão; um Homem que consegue enxergar além de seu tempo, e este foi Pe.Vicente de Paulo, que vendo o povo doente, com o mal do século, nas periferias existenciais, trabalha para que-se tenha sacerdotes, bem formados, que atenda o Povo de Deus, com a caridade em suas necessidades espirituais, realizando confissões e dando esperança ao Povo de Deus, através da Boa Noticia de Jesus Cristo.

No ano 1617, instituiu a Congregação da Missão, dos Padres de São Lazaro: Lazaristas, hoje mais conhecido como Padres Vicentinos, e no ano de 1633 instituiu a Companhia das Irmãs da Caridade, hoje conhecida como irmãs Vicentinas.

Hoje, após o Concilio Vaticano II, na força do Espirito Santo de fato a igreja está sendo a cada dia transformada, mais muitos que nasceram antes do Concilio Vaticano II, e outros que nasceram depois, ainda continua presos em seus projetos pessoais, dentro dos Palácios.

É dentro deste contexto eclesial,  que precisamos hoje de São Vicente de Paulo.

E hoje estamos aqui, com os talentos, para contribuir com São Vicente de Paulo, na construção do Reino de Deus, sendo parte de sua família, e sua herança. 

E Viva São Vicente de Paulo!!

Matéria: Tarcísio Cirino 
10-12-2017

CRESCE A REDE MUNDIAL DE ORAÇÃO DO PAPA.

O CORAÇÃO DE JESUS ESTÁ VIVO: LEVANTAI SOLDADOS DE CRISTO!!

A partir do Concílio Vaticano II, com a renovação e surgimento de movimentos milagreiros na igreja, o "AO" com a devoção ao Sagrado Coração de Jesus, parecia ter cumprido sua missão e chegado ao fim e perdido as suas raízes através dos santos misticos como Santa Gertrudes e os contemplativos da escola francesa, com esta devoção de onde nasceu tantos santos na igreja.  

 Os Padres Conciliares falaram muito, mas muito mesmo, de Jesus, mas não entraram na linguagem devocional e mística, que dominou vários séculos. 

No entanto o "Coração de Jesus está Vivo", foi o que presenciamos e vimos no último domingo 03 dezembro 2017, no Ginásio da PUCPR, na cidade de Curitiba, onde milhares de devotos do Sagrado Coração de Jesus e lideranças do "AO - A Rede Mundial de Oração do Papa", na coordenação e Presidência da competente, Sra:Lourdes, da arquidiocese de Curitiba. 

O que nos parece é que a devoção ao Coração de Jesus, continua Vivo, com uma bela presença e participação de Jovens e veteranos.

A concentração de Fé, que arrastou uma multidão de devotos, das diversas Paróquias da Arquidiocese de Curitiba, teve inicio ás 9h00 da manhã, com o diretor espiritual da Rede Mundial de Oração do Papa, em Curitiba; Pe.Mauricio, na sequencia aconteceu a Santa Missa, com Dom Amilton Manoel da Silva, com a presença do Frei Luis, e com término da concentração de Fé, do Sagrado Coração de Jesus, por volta das 16h30. 

Levantai Soldados de Cristo, o Coração de Jesus, está Vivo, confira ás imagens no vídeo á cima e veja um pouco, do que foi a Concentração da Rede Mundial de Oração do Papa, em Curitiba Pr.

Matéria: Tarcísio Cirino
04-12-2017


PASTORAL DA SAÚDE É A GRANDE PASTORAL SOCIAL DO MOMENTO!!

                                           
Em clima de confraternização, ás coordenações da Pastoral da Saúde da Arquidiocese de Curitiba, se-reuniram na Paróquia Santo Antonio no Bairro Boa Vista, neste último sábado 25 Novembro de 2017, ás 16h00, para Missa em ação de graças, presidida por Dom Francisco Cota, Frei Bruno, com os novos agentes da Pastoral da Saúde, que concluíram a formação em 2017.

Logo após a Santa Missa, que foi transmitido ao Vivo, através do Facebook:https://www.facebook.com/Noticias-Da-Igreja-Mission%C3%A1rios-Em-A%C3%A7%C3%A3o-212070708881346/?ref=bookmarks 

aconteceu a confraternização da Pastoral da Saúde, da Arquidiocese de Curitiba.

Matéria: Tarcísio Cirino


GRUPOS DE REFLEXÃO: É FORTE NO SETOR COLOMBO.

                       

Foi um sucesso o "Lançamento do subsidio de evangelização da arquidiocese de Curitiba, Livro Caminhando 31, neste domingo 26 de Novembro 2017, no Setor Colombo - Paróquia Santa Cândida".

O evento teve inicio ás 8h00 da manhã, com a Santa Missa, com uma grande participação das lideranças dos grupos de reflexão de Santa Cândida e lideranças e mensageiras(os), oriundas de diversas comunidades de Colombo, ficando a igreja pequena diante de uma grande multidão de lideranças de grupos de reflexão.

A Santa Missa, foi presidida pelo Pároco da Paróquia Santa Cândida, Pe.André Marmilicz CM, com a participação do coordenador arquidiocesano de grupos de reflexão da arquidiocese de Curitiba, diácono Luis Carlos, coordenador do setor, Tarcísio Cirino, o povo de Deus e uma multidão de lideranças.

Logo após a Santa Missa, aconteceu uma reunião em clima de confraternização na sala de catequese da Paróquia Santa Cândida.

Matéria: Tarcísio Cirino

NOSSOS ADOLESCENTES SÃO TRISTE, DOM PERUZZO!!

FORMAÇÃO DO CAMINHANDO 31

O arcebispo da arquidiocese de Curitiba, pegou todos(as) de surpresa, na Formação do Caminhando  31,  neste último sábado ,
 no auditório da TV Evangelizar, quando informou, que estando Ele, neste mesmo sábado dia 11 com 110 Jovens em uma Paróquia, começou a ouvir os jovens e  as famílias catequistas que trabalha com os adolescentes...
Foto do arquivo.

 Dom Peruzzo, ficou surpreso com o que ouviu e comoveu a todos(as) com o depoimento.

Segundo Dom Peruzzo: os responsáveis pelos adolescentes na catequese informaram que nossos jovens nos últimos anos são triste, fruto dos conflitos em famílias, e estes adolescentes ou jovens parece que só se alegra com estes eventos na igreja, mais para fugir dos problemas em casa com a família , do que para-se encontrar com Jesus. 

Dom Peruzzo: Nossas famílias estão muito machucadas!!
Quem vai lá para consolá-las?  

Diante do Contexto apresentado, se fez a seguinte pergunta aos adolescentes.. Se vocês encontrassem o próprio Jesus e tivessem a oportunidade de conversar pessoalmente com Ele, o que vocês pediria?

 Um deles tomou a palavra e depois outros e responderam a pergunta!!

 Que Ele, Jesus tire a minha Vida!!

Diante dos fatos, o arcebispo procurou conscientizar a todos da importância de realizar os encontros dos grupos de reflexão, nas casas,  junto a realidade que atravessa a família com seus filhos  nos dias atuais, tendo como ajuda o subsídio de evangelização,  CAMINHANDO.

A tarde de formação do subsidio de evangelização "Caminhando 31,  teve inicio 15h00 ás 17h00", com uma participação bastante significativa dos representantes e agentes dos Grupos de Reflexão, dos diversos setores e regiões episcopal da arquidiocese de Curitiba, sendo o encontro de formação realizado por;  Pe.Alex Cordeiro, Odaril da Rosa, e por último Dom José Antonio Peruzzo, que com gratidão e carinho, agradeceu a todos(as) Grupos de Reflexão, pelo belo trabalho que realiza na arquidiocese de Curitiba.

Matéria: Tarcísio Cirino
12-11-2017

DOCUMENTÁRIO: 80 ANOS MOVIMENTO CAPELINHAS.

                                             Neste sábado 28 de outubro 2017, aconteceu a Santa Missa em  comemoração ao Jubileu de 80 anos do Movimento de Capelinhas na arquidiocese de Curitiba.

 A matéria no vídeo a cima é um compacto das imagens retiradas da celebração, como registro histórico que mostra um pouco de como foi o evento. 

Obs: A Santa Missa na integra foi transmitido ao Vivo, através do Facebook e você pode visualizar no link a baixo:  
https://www.facebook.com/212070708881346/videos/1575224269232643/                                                                                                
Público presente no evento.
Contagem pelo método JACOBS = 1500
Contagem pelos organizadores     = 3000

REUNIÃO COORDENAÇÕES MENSAGEIRAS E GRUPOS DE REFLEXÃO DO SETOR COLOMBO 2018..




Reunião Coordenações Mensageiras Paroquial: Setor Colombo2018.
Local Reuniões: Sala 1 da Catequese - Salão Paroquial - Santa Cândida

Obs: Além das reuniões com as coordenações Paroquiais do Setor Colombo ou representantes que acontece nas seguintes: datas, abaixo, em Santa Cândida; realizaremos reuniões em todas Paróquias, com a presença e participação dos Párocos, a começar no dia 17/02/2018, Sábado, ás 15h00, na Paróquia Santa Terezinha de Liseux, tendo a reunião como objetivo, definir data de formação com todas Paróquias a nível de Setor Colombo, com organização estratégica com os grupos de reflexão.

03/02/2018 - Sábado 09h00 Reunião Coordenações 

07/04/2018 - Sábado 09h00 Reunião Coordenações

02/06/2018 - Sábado 09h00 Reunião Coordenações 

04/08/2018 - Sábado 09h00 Reunião Coordenações 

06/10/2018 - Sábado 09h00 Reunião Coordenações 

01/12/2018 - Sábado 09h00 Reunião e Confraternização  



Reunião Mensageiras e coordenações Áreas Missionárias Matriz SC.


04/02/2018 - Sábado 09h00 Reunião 

06/05/2018 - Sábado 09h00 Reunião 

05/08/2018 - Sábado 09h00 Reunião 

04/11/2018 - Sábado 09h00 

06/12/2018 - Sábado 16h00   Confraternização.


Missa nas casas ( Areas Missionárias) Toda 3° Quinta feira do mês ás 20h00 


Abril           - Área Missionária Nossa Senhora de Lourdes
Maio           - Área Missionária Nossa Senhora de Fátima
Junho        - Área Missionária Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Julho         - Área Missionária Nossa Senhora das Graças
Agosto      - Área Missionária Nossa Senhora de Guadalupe
Setembro  - Área Missionária Nossa Senhora do Rosário
Outubro     - Área Missionária Nossa Senhora Aparecida
Novembro - Área Missionária Nossa Senhora das Graças.
Dezembro  - Local a Definir: Encerramento das Novenas de Natal.



Obs: Informamos a todos(as) que desde o inicio de 2014, quando o arcebispo Dom Moacyr José Vitti, solicitou pessoalmente e nos colocou a frente do Movimento de Capelinhas e Grupos de Reflexão da arquidiocese de Curitiba, na condição de assessor de comunicação, temos desempenhado está função, onde até a presente data não fomos afastado pelo então arcebispo Dom José Antonio Peruzzo.

Dito isso informamos que no momento que o Senhor: arcebispo solicitar o afastamento de nossas funções, o faremos de imediato, em obediência.

Enquanto isso continuaremos trabalhando e comunicando o Reino de Deus. 

Sem mais, um abraço fraterno, Salve Maria!!

A todos(as), Um Feliz 2018.
                    
                                      Tarcísio Cirino

               

DOCUMENTOS HISTÓRICOS

Diretrizes do Movimento de Capelinhas foi redigido a mão em 31 Dezembro de 1962.

Na manhã deste Domingo 20 de Janeiro de 2013, após a Missa das 8:00 horas da manhã, famílias pioneiras do nascimento da Paróquia Santa Cândida, confiaram a entrega e guarda de documentos históricos da Paróquia Santa Cândida, ao secretario Paroquial do Movimento de Capelinhas e "Agente Pascom" da Arquidiocese de Curitiba, para que diante dos documentos e fotos, se tenha conhecimento das famílias que fizeram parte nestes 75 anos de história da Paróquia Santa Cândida.

Os documentos foi entregue pelas famílias pioneiras através da mensageira de Capelinha Cândida Kachel em reconhecimento pelo trabalho de valorização das famílias  que aconteceu através do Movimento de Capelinhas, nos últimos anos com o crescimento e valorização de todas as famílias da comunidade Paroquial.

O acervo com fotos históricas e documentos conta com a "Ata histórica" do nascimento do grande Movimento de Capelinhas e registro histórico das famílias pioneiras, que chega até nós para guarda da rica história da comunidade; Por providência divina pois não tínhamos documentos com registro da história da comunidade em especial o Movimento de Capelinhas, onde o 1° livrinho  "Ata" registra que no dia 31 Dezembro de 1962 a Capelinha com a imagem de N.S.Rosário recebeu a benção e no dia 01 de Janeiro de 1963 se oficializou o Movimento de Capelinhas na Paróquia Santa Cândida com a 1° visita nas casa, os registros também mostra as 1° Capelinhas em algumas comunidades, e momentos importantes na história da Arquidiocese de Curitiba, com a despedida do Movimento de Capelinhas de Santa Cândida com o  Arcebispo Dom Manoel da Silveira Delboux antes de sua morte, e outros assuntos histórico.

Diante da confiança depositada na entrega dos documentos, todas as famílias serão valorizadas  com a comemoração da "Festa dos 50 anos do nascimento do Movimento de Capelinhas" em Santa Cândida que será realizado no dia 19 de Maio de 2013.

Contar a história das famílias dos 75 anos da Paróquia Santa Cândida e contar a história das famílias dos 50 anos do Movimento de Capelinhas é também contar parte da história das famílias da Arquidiocese de Curitiba.

Dito isto após estudo dos documentos, e no momento oportuno com a realização da festa comemorativa encaminharemos toda história com fotos comemorativas para ser publicado no "Jornal Voz da Igreja" e desta forma fica registrado na história da Igreja para conhecimento de toda comunidade de Fé.  Texto Tarcísio Cirino





 Olá amigos é com bastante alegria e emoção, neste ano em que nos preparamos para o Jubileu da Paróquia Santa Cândida que informo, que no último dia 28 de Março de 2010 ás 18 horas! O Coordenador Missionário do Movimento de Capélinhas da Paróquia Santa Cândida, encontrou a Igreja onde está o Corpo Santo de Santa Cândida retirada das Catacumbas Romanas; Alguns fiéis tinha dúvida se realmente existiu a Santa e se de fato éla foi batizada por São Pedro! Sim a Santa Cândida Virgem e Mártir foi batizada por São Pedro! Éla é linda parece uma Princesa, e o seu Corpo Santo é semelhante a Imagem que a Paróquia Santa Cândida, possui em seu Altar doada por D.Pedro II. Neste momento você está diante do Corpo Santo da Virgem e Mártir Santa Cândida, Batizada pelo Apostolo São Pedro; Rezemos ... Conheça agora um pouco mais da historicidade da Santa, confira a baixo. 

Santa Cândida
A primeira referência sobre Santa Cândida foi encontrada no Calendário da Igreja de Córdoba e em alguns documentos da antiga Galícia, ambas na Espanha. Mas, foi pela tradição cristã do povo napolitano, na Itália, que se concluiu a história desta Santa.

A vida cristã de Cândida iniciou quando ela foi convertida, segundo essa tradição, pelo próprio apóstolo Pedro de passagem por Nápolis. Naquela época o Apóstolo, com destino a Roma atravessou Nápolis onde a primeira pessoa que encontrou na estrada foi a pequena Cândida. Percebeu imediatamente que a pobre criança estava doente. Parou e lhe perguntou se conhecia a palavra de Jesus Cristo. Diante da negativa e em seu ardor de levar a mensagem do Evangelho, Pedro lhe falou da Boa Nova, da fé e da religião dos cristãos; curou-a dos males que sofria e a converteu em Cristo.

Assim Cândida foi colhida pela luz de Deus e curada do físico e da alma. Chegou em sua casa falando sobre o Cristianismo e contando tudo o que o Apóstolo Pedro lhe dissera. Muito intrigado e confuso, Aspreno, um parente que a criava, saiu para procurá-lo. Quando se encontraram, com muito zelo Pedro converteu também Aspreno, que o hospedou em sua modesta casa por alguns dias. O Apostolo acabou de catequizar os dois e, em seguida, os batizou e lhes ministrou a primeira Eucaristia durante a celebração da Santa Missa. Este local recebeu o nome de "Ara Petri", que significa Altar de Pedro. Depois, antes de partir, o Apóstolo consagrou Aspreno o primeiro Bispo de Nápolis e pediu para a pequena Cândida continuar com a evangelização, salvando as almas para Nosso Senhor Jesus Cristo. 

Aquele lugar onde fora celebrado a Santa Missa por São Pedro, tornou-se de grande veneração por Cândida. Ela deixou seu lar com todos os confortos, preferindo passar seus dias numa gruta escura nas proximidades de "Ara Petri". Alí vivia em penitência e oração, catequizando e convertendo muitos pagãos. Após alguns anos, o número de cristãos havia aumentado muito. Por isto, quando o imperador romano ordenou as perseguições contra a Igreja, os convertidos foram obrigados a fugir ou se esconder. Então, o Bispo Aspreno embarcou Cândida junto com outros cristãos, com destino à Cartago, no norte da África, tentando mantê-los a salvo da implacável perseguição, mas não conseguiu. Foram alcançados, presos e torturados. Cândida foi levada a julgamento e condenada a morte porque se negou a renunciar a fé em Cristo.

No Martirológio Romano, encontramos registrado que a virgem e mártir cristã Cândida morreu no Anfiteatro dos martírios de Cartago. Suas relíquias, encontradas nas Catacumbas de Priscila, agora estão guardadas na igreja Santa Maria dos Milagres, em Roma.

Muitos séculos mais tarde, pesquisas arqueológicas feitas na cidade de Nápolis, encontraram no local "Ara Petri" um antigo cemitério de cristãos. O fato colocou ainda mais devoção sobre a figura de Santa Cândida, eleita pelos fiéis como padroeira das famílias e dos doentes. Ela recebe as tradicionais homenagens litúrgicas confirmadas pela Igreja,  venerada em Roma, na igreja de santa Praxedes , aonde o corpo foi transladado pelo papa Pascoal I, o seu nome consta e uma epígrafe (inscrição) escrita quando o papa ainda vivia, junto com o de outros mártires ali sepultados. Comemora-se  no dia 20 de Setembro. Não se sabe se era natural de Roma, nem se deve identificar-se com outras santas do mesmo nome e da mesma cidade. (texto extraído do livro "Bibliotheca Sanctorum, Instituto Giovanni XXIII nelle Pontificia Universitá Lateranense - 1963 - Vol. III - pg. 734:).
A virgem e mártir Santa Cândida, a padroeira, é festejada no dia 20 de Setembro.  Estudo feito; Tarcisio Cirino


Na manhã deste Sábado 02 Fevereiro de 2013. aconteceu reunião extraordinária do Mov.Capelinhas da Paróquia Santa Cândida, com a presença do Pároco Simão Valenga Cm, e demais coordenadores (as) que faz parte do Mov.Capelinhas nas comunidades; Matriz a Coordenadora Maristela Sagas de Camargo e Silvana Ap.Silva, Capela São Vicênte de Paulo a Coordenadora Helena Silva Teixeira, Capela São Pedro a Coordenadora Terezinha Martins Alberti, Capela Santa Cruz a Coordenadora Terezinha do Rocio Domaski, Capela Santa Terezinha a Coordenadora Marilei de Lima Rodel, Capela N.Sra Penha o Coordenador Sr Flores Pilaski, Capela São José a Coordenadora Leda M.Z.Nascimento, Capela N.Sra Salette a Coordenadora Edite de Souza, Capela N.Sra Aparecida no Jd.Georgina a Coordenadora Luzair de Jesus, Capela N.Sra Fátima a Coordenadora Neri Argenta.

Pauta da Reunião
1° Eleição da Nova Coordenação  Mov.Capelinhas
2° Festa do Jubileu do Mov.Capelinhas em 19 de Maio de 2013.
3° Agenda do Mov.Capelinhas 2013

O Pároco Simão Valenga fez abertura da reunião com o evangelho dentro da liturgia do dia e Leccio Divina,
em seguida aconteceu a eleição onde foi aclamado por unanimidade como Coordenador Paroquial Tarcísio Cirino, com exceção da Capela N.S.Aparecida no Jardim Ouro Verde, que não participou da reunião.

Resumo da Reunião - Com a palavra o atual Coordenador Paroquial, deu inicio a nova organização do Mov.Capelinhas, colocando a conhecimento de todos, o planejamento de trabalho onde realizará reuniões nas comunidades além da tradicional reunião que acontece na Casa Paroquial, para que assim possamos junto com todas as mensageiras nas comunidades e Coordenador de CCP, motivar, instruir e formar uma nova geração de mensageiras para os desafios da Igreja no mundo de hoje com a "Nova Evangelização", pois se hoje estamos nos organizando para a festa dos 50 anos do Mov.Capelinhas na Paróquia é porque os nossos Pais ou os nossos antecessores  souberam preparar a caminhada das Capelinhas para este momento, agora cabe a todos nós, nos organizar para os próximos Jubileu 75/100, no entanto sem colocarmos em ação um planejamento de evangelização dentro das diretrizes do Mov.Capelinhas atualizado para o momento que estamos vivendo, dificilmente faremos outras comemorações de Jubileu no futuro; E este planejamento que estamos apresentando que tem como "marco" o Jubileu dos 50 anos onde é preciso valorizar todas as famílias que fizeram e fazem parte do Mov.Capelinhas, é também o momento em que dentro deste planejamento estamos com um olhar para 2015, onde a Arquidiocese de Curitiba, vai realizar as missões em todas as Paróquias da Arquidiocese e como Paróquia Missionária que somos, dentro desta nova organização no sentido expandir os setores e fortalecer o movimento com uma nova geração de mensageiras bem preparadas e instruídas estaremos no trabalho das missões de forma bem organizada. Em seguida passou a todos como se realizará o novenário e a festa das Capelinhas em 19 de Maio de 2013, assim como as atividades que teremos em 13 de Abril de 2013, com a formação de "Grupos de Reflexão" que acontecerá a partir das 14:00 horas e passou a palavra ao Pároco Simão Valenga Cm , que diante de tudo que foi transmitido fez as considerações e avisos finais lembrando a Assembléia Geral que acontece com todas as coordenações no dia 22 de Fevereiro a partir das 19:30 horas no salão Paroquial e com a benção se encerrou a reunião.

sábado, 9 de dezembro de 2017

400 ANOS DO MÍSTICO SÃO VICENTE DE PAULO.

                              Acontece neste domingo dia 10 dezembro, com os diversos ramos da família vicentina a comemoração dos 400 anos do aniversário de São Vicente de Paulo.
O evento acontece ás 10h00 da manhã, na igreja matriz da Paróquia Missionária de Santa Cândida, em Curitiba PR, com o Provincial da Congregação da Missão, Pe.Odair e diversos Padres co-irmãos.
Logo após a Santa Missa, acontece no salão Paroquial, almoço com todos os ramos da família vicentina: os convites para o almoço são limitados e pode ser retirados ou reservados na secretaria Paroquial através do Fone (041) 33578216.
A partir do dia 12 estaremos publicando as imagens do evento, com uma analise de conjuntura dos 400 anos de São Vicente de Paulo, na ótica do leigo.
Matéria: Tarcísio Cirino

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

EREN É O GRANDE EVENTO DO POVO DE DEUS.


7° EREN: ARRASTA MULTIDÃO DE LIDERANÇAS NA REGIÃO EPISCOPAL NORTE




O 7° EREN: Encontro das Lideranças da Região Episcopal Norte, arrastou uma multidão de lideres das diversas Pastorais e Movimentos da Região Episcopal Norte, arquidiocese de Curitiba, neste domingo 17 Setembro, onde a liturgia dominical inspirado na passagem de Mateus traz a seguinte reflexão; Quantas vezes devo perdoar o meu irmão, 7 vezes? 

A santa Missa de abertura do evento foi presidida por Dom Francisco Cota e concelebrada com os diversos Párocos das Paróquias da Região Episcopal.


Em 2009 quando organizamos o 1° Encontro das Lideranças, foi organizado como "Assembleia do Povo de Deus das Lideranças da Região Episcopal Norte", e após o sucesso do 1° Encontro da Região Norte, o evento a nível de arquidiocese de Curitiba, ficou conhecido como EREN, com a motivação do Bispo auxiliar, Dom Dirceu Vegini, que participou e motivou os dois primeiros EREN.
No momento atual o EREN é o evento a nível de arquidiocese de Curitiba, com maior participação de Lideranças oriundas de diversas Pastorais e Movimentos que forma a grande "Assembleia do Povo de Deus, das Lideranças da Região Episcopal Norte“ em unidade com os Párocos e Bispos.
O 7° EREN teve como proposta trabalhar a formação das Lideranças da Região Episcopal Norte, dentro do tema: Iniciação a Vida Cristã, conforme documento 107 aprovado na 55 Assembleia Geral da CNBB, que foi trabalhado pelo arcebispo de Curitiba, Dom José Antonio Peruzzo,
Colégio Marista Santa Maria: no bairro São Lourenço, promoveu o 7° EREN, e o ponto alto do encontro, ficou por conta do Pe.William Lemes, que apresentou a nova proposta do Regional Sul 2 CNBB, para a Pastoral Vocacional a partir 2018 a ser trabalhado nas Paróquias, em especial na Região Episcopal Norte; Pe.William Lemes convidou todos os seminaristas presentes diocesanos e religiosos a subir ao Palco, motivou as vocações e promoveu o novo Site da Pastoral Vocacional.

Texto Matéria: Tarcísio Cirino

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

10 ANOS COMUNICANDO O QUE SOMOS!!

As Portas do Ano Vocacional, o veiculo da missão faz uma retrospectiva com as imagens e matérias que produziu nos últimos 10 anos, que foi Noticia na Igreja, reproduzindo diversos videos vocacional e por último em dezembro publica um belo documentário que conta a história da Pastoral da Comunicação nos últimos 10 anos, na igreja do Paraná. Vale a pena conferi o documentário!!